SOROS REPREENDE PARTIDO ALEMÃO!
 

 

George Soros repreende guinada à direita do CSU
      
O bilionário  húngaro que imigrou para os  EUA

JUNGE FREIHEIT



DAVOS - O bilionário americano George Soros repreendeu o CSU por sua guinada à direita. “O surgimento de um outro partido, o AfD, forçou o CSU a se voltar cada vez mais para a direita, em face das eleições na Bavária, no ano que vem”, disse Soros durante a promoção de um jantar nas imediações do Fórum Mundial Econômico, na cidade suíça de Davos.

No passado, a atuação como gêmeos siameses de CDU e CSU, formando o UNION, fez com que se abrisse uma trincheira insuperável. “O sistema partidário alemão será consideravelmente ineficaz, até o momento que ocorra a dissociação de CDU e CSU”, endossou o bilionário de 87 anos.

Diferentemente das afirmações de Soros, as eleições estaduais da Bavária acontecerão no outono de 2018.

Acusação: Soros promove a imigração ilegal em massa

Soros também fez duras repreensões ao Google e ao Facebook. Para ele, ambos os conglomerados se tornarão um terrível e poderoso monopólio no futuro e havendo um grande perigo de ambos se aliarem a governos autoritários. “Davos é um bom lugar para anunciar que os dias deles estão contados”, disse Soros. Em contrapartida, ao poder dos dois gigantes da internet, Soros elogiou Margarethe Vestager, comissária Européia pela Concorrência.

O auto-denominado filantropo, também teceu comentários ao presidente americano Donald Trump. Para Soros, não só a sobrevivência da sociedade livre que está em jogo, mas também de toda a civilização. O motivo é a ascensão de líderes como Kim Jong Un e Donald Trump. “Ambos parecem querer se sujeitar a uma guerra atômica, para permanecerem no poder”, afirmou o bilionário.

Soros está sempre debaixo de violentas críticas internacionais. Seus adversários, dentre eles o premiê húngaro Viktor Orbán, acusam-no de fomentar a desestabilização da sociedade européia, atráves de sua fundação conhecida como Open Society. Soros também financia inúmeras organizações não-governamentais russas críticas ao Kremlin.

A revelação de documentos técnicos e estratégicos de sua fundação, confidenciou que Soros apóia financeiramente iniciativas de integração da perspectiva de gênero em cada um dos Estados-Membros da União Européia.

NOTA: O “Junge Freiheit” é um jornal alemão independente e conservador, de circulação semanal com sede em Berlim. Seu alcance é nacional e tem como Editor Chefe Dieter Stein

Tradução - Márcio Alexandre: https://ma-traducoes.webnode.com/