INTEGRAÇÃO DE MUÇULMANOS E JUDEUS NA ALEMANHA?
 

 

Visita de refugiados muçulmanos aos memoriais judaicos?

 Rádio Deutschland Funk 24

23 de abril de 2017

O presidente do Conselho Central dos Judeus na Alemanha, Josef Schuster, se mostrou favorável a intensificar o tema do Antissemistismo nos cursos de integração para os refugiados

 
Josef Schuster, em entrevista ao jornal “Welt am Sonntag” sugeriu que os participantes dos cursos de integração de refugiados visitassem o memorial no campo de concentração em Buchenwald ou o Museu dos Judeus.

O antissemitismo entre os muçulmanos causa uma crescente preocupação ao Conselho Central dos Judeus, na Alemanha.

O último caso ocorrido com um jovem judeu causou revolta em Berlim. O jovem foi assediado por estudantes árabes e turcos por meses. No fim, o estudante acabou abandonando a escola.

Schuster frisou que a integração não dará resultados em poucos anos.

Olhando para a experiência de imigrantes judeus da antiga União Soviética, na década de 90, o presidente do Conselho Central, disse que uma integração total duraria uma ou até mesmo duas gerações para ser efetiva.

Tradução: Márcio Alexandre