O PENSAMENTO DO CLUBE MILITAR

 

O PENSAMENTO DO CLUBE MILITAR



MORTE DOS GUERREIROS 

 

 

Gen Ex Antônio Hamilton Martins Mourão



Presidente do Clube Militar



21 de agosto de 2018 



Aconteceu! Como era lícito supor que viesse a ocorrer, mais dia menos dia, dois (*) militares empregados na atual Intervenção Militar na Secretaria de Segurança Pública do Rio de Janeiro foram assassinados por bandidos que infestam a cidade. O Clube Militar se enluta e vem se solidarizar com as famílias dos nossos guerreiros, que sucumbiram no combate da boa causa de defesa da sociedade. O desleixo na Segurança Pública vem de longa data e é notório em todo o território fluminense, demandado muito esforço para sua colocação no rumo certo, como ambicionamos todos e a Intervenção intenta. As Forças Armadas, mais uma vez, são chamadas como o último baluarte para impedir o caos total. Nesse contexto, duas vidas importantes e pertencentes à nossa família militar se vão no cumprimento da sempre presente missão de defender nossa Pátria. Além da dor, fica-nos algumas perguntas inevitáveis: Qual das mortes vai ocupar mais a mídia e os grupos de direitos humanos? Dos soldados ou dos marginais? 



(*) NOTA DO EDITOR: um terceiro morreu no dia seguinte