HONRA AO MÉRITO: FRANCISCO TOST

 

Francisco Tost: benemérito da causa da liberdade de Cuba

Gonzalo Guimaraens

Na tarde de ontem, domingo 11 de março de 2018, faleceu em São Paulo, Brasil, o argentino Francisco Javier Tost Torres, um benemérito da causa da liberdade de Cuba.

A Providência o dotou com um tipo de inteligência intuitiva brilhante, pouco comum, com uma cultura excepcional, sobretudo no que diz respeito à história passada e presente da Igreja Católica, com um conhecimento minucioso dos assuntos eclesiásticos latino-americanos e, em particular, dos assuntos vaticanos.

Desde o Natal de 1997, dia em que se criou a agência Destaque Internacional - desde Cuba no Desterro -, Francisco Tost se constituiu, como anônimo voluntário, com seus conselhos e com sua pena, em um destacado e fundamental assessor da agência em todas e cada uma das dezenas de editoriais em prol da liberdade de Cuba, de alerta sobre a ação da teologia da libertação na América Latina, especialmente Venezuela, Colômbia e Brasil, países nos quais residiu, e de respeitosa discordância com a política de distensão da diplomacia vaticana para com os regimes comunistas.

Para Deus não existem heróis anônimos.

Como Francisco Tost, com sua forte mas modulada voz de tenor, proclamou mil e uma vezes, seus maiores motivos de realização foram sua fé católica, sua devoção à Santíssima Virgem Maria, segundo o método de São Luis Grignon de Monfort e sua penitência, desde o distante tempo de seus estudos na Pontifícia Universidade Católica de Buenos Aires, à escola de pensamento de Plínio Corrêa de Oliveira.

Para Deus não existem heróis anônimos.

Com a confiança posta na infinita misericórdia de Deus, parafraseando o Apóstolo São Paulo, Francisco Javier Tost Torres foi um homem de Deus. Procurou ser religioso e justo. Viveu com fé e amor, constância e bondade. Combateu o bom combate da fé, e conquistará a vida eterna à qual foi chamado, pela qual fez sua declaração de fé na presença de inúmeras testemunhas (cf. São Paulo, 1ª carta a Timóteo 6, 11).

Tradução: Graça Salgueiro

Gonzalo Guimaraens é coordenador da agência Destaque Internacional